Homestay

Monte do Almo

Bem-vindo à nossa casa, o Monte do Almo, onde vivemos desde 2020 com o nosso cão Américo.

Aqui, recebemos pessoas interessadas em experienciar o Alentejo de uma forma mais simples, compassiva, contemplativa e sustentável, num ambiente íntimo e familiar.

Estamos comprometidos com práticas de turismo mais sustentáveis, somos um alojamento compassivo (100% vegetariano), inspirado pelo Dharma de Buda e pelos princípios da Macrobiótica.

Recebemos até 6 hóspedes na nossa homestay

No Monte do Almo estão reunidas todas as condições para que quem fique hospedado connosco possa:

  • Passar alguns dias num ambiente tranquilo, simples e familiar;
  • Deitar cedo e levantar cedo, de acordo com os ritmos da natureza;
  • Cultivar a gratidão, a compaixão e a atenção plena;
  • Aprender a fazer uma alimentação mais consciente, saudável e integral;
  • Criar intimidade com a terra e experienciar os ciclos da natureza;
  • Estabelecer proximidade com a cultura e com as tradições locais;
  • Dar continuidade ou iniciar-se na prática de meditação segundo a tradição Budista.

Temos três quartos onde recebemos até 6 hóspedes:

  • Quarto Atisha (twin) com duas camas de solteiro de 90×200;
  • Quarto Shantideva (double) com uma cama de casal de 150×200;
  • Quarto Milarepa (double) com cama de casal de 140×190.

Estes três quartos são servidos por dois WC’s partilhados entre eles (não temos suites).

Pode vir visitar-nos de férias ou em trabalho remoto, mas também temos condições para o receber se estiver a fazer um curso / retiro online e quiser fazê-lo a partir da nossa casa, num ambiente mais sereno, natural e contemplativo.

A casa

Na cozinha do monti – que é aberta para a sala de refeições – fazemos a alquimia dos alimentos, segundo a perspetiva Macrobiótica. É aqui que cultivamos a nossa saúde: a nossa cozinha é a nossa farmácia e os nossos remédios e tratamentos são caseiros e naturais.

Não temos televisão e temos por hábito deitarmo-nos  cedo. Mas às vezes jogamos um jogo de tabuleiro na sala de refeições, enquanto conversamos ao serão, ou vemos um filme ou documentário. 

Na sala de estar, temos uma pequena biblioteca com livros que estão disponíveis para leitura durante a estadia. São livros de diferentes tradições espirituais, especialmente sobre Budismo, mas também sobre macrobiótica e saúde natural.

Na Sala de Meditação, que não está normalmente acessível aos hóspedes, estudamos e praticamos. Convidamos todos os que nos visitam a participarem nas sessões de meditação em família conduzidas pelo Igor às 7:30 da manhã.

Para quem tiver interesse, podemos organizar sessões de introdução à meditação.

O espaço exterior

Embora pequeno (menos de 1.000 m2), o Monte do Almo é amplo pois está rodeado de campos. Os únicos vizinhos, como lhes costumamos chamar, são os animais que vivem nos terrenos próximos: vacas, bodes e ovelhas.

Temos uma piscina onde nos refrescamos nos dias mais quentes de verão, área de refeições exterior com mesa comunitária e zona social com bancos em alvenaria. Às vezes subimos a cima da casa das máquinas, para vermos o pôr-do-sol, com os campos a perder de vista no horizonte (é o lugar preferido da Diana).

Não temos muitas árvores de fruto, mas as que temos são-nos suficientes. É tão bom colher e comer directamente das figueiras, apanhar azeitonas para conservar e colher marmelos para fazer doce (sem açúcar, claro). A juntar às árvores de fruto, estamos a começar um canteiro de aromáticas e em breve esperamos iniciar uma horta em permacultura.

O nosso objectivo é, aos poucos, produzirmos uma parte dos alimentos que consumimos, cultivando um contacto mais íntimo com a terra.

Reservas e +Informações

Contacte-nos para reservar ou obter mais informações: