Existem restaurantes vegetarianos em Estremoz?

Com muita pena nossa, em Estremoz não existem restaurantes vegetarianos (muito menos veganos). Mas existem alguns restaurantes tradicionais que servem opções vegetarianas. Mas cuidado, esta zona do Alentejo é muito tradicional e por vezes uma simples sopa de legumes pode ter banha de porco (!!!) ou o arroz pode ter manteiga. Fica o alerta, perguntem sempre os ingredientes todos.

Um dos restaurantes em Estremoz que tem opções vegetarianas e vegan é o Sabores das Maltezas. Para além de outras possibilidades, tem um hamburger vegan e uma seleção de patés vegans (e a sopa não tem nada de origem animal). Para além disso, fazem bolos vegan por encomenda.

Para além do Sabores das Maltezas, abriu recentemente o Goez Sushi da Aldeia Vale de Maceiras (fazem sushi vegan ou vegetariano a pedido), a Pizzaria Rivoli no Largo de Santa Catarina e existe ainda a Mercearia Gadanha. Estas ultima opção bem mais cara.

Happy Cow, sempre uma boa ajuda

Uma alternativa pode ser percorrer alguns quilómetros, o que no Alentejo até se faz facilmente, com paisagens tão bonitas e estradas tão boas.

Isto porque nas cidades vizinhas de Évora e Portalegre (que ficam a menos de uma hora de Estremoz), já existe mais oferta. A solução também pode ser dar um passeio maior até Montemor-o-Novo ou Beja. Ou até à Vila de Avis, ao restaurante vegatariano Flor D’ Avis.

Com a ajuda da aplicação Happy Cow, descobrimos o Hokkaido, um Macrobiótico que fica em Portalegre, o Sabores do Campo em Beja e o Salsa Verde em Évora. Enquanto o Monte do Almo esteve em obras e não tínhamos cozinha, foi o que nos salvou.

Nestas cidades existem também alguns restaurantes convencionais que servem boas opções. Como é o caso do Panne & Vinno em Évora, que tem uma carta inteira italiana com opções vegetarianas e veganas. E ainda a Herdade do Freixo do Meio em Montemor-o-Novo, que tem uma cantina onde servem almoços com opção vegetariana (já visitámos a cooperativa, mas ainda não almoçamos lá).

Outras cidades onde pode ser possível encontrar mais alternativas são Elvas e Badajoz (em Espanha). Mas nós ainda não explorámos os restaurantes destas zonas.

E que tal um piquenique?

Outro programa giro, é fazer um piquenique.

No Monte do Almo, por pedido, podemos preparar um piquenique vegan com comida macrobiótica, bebidas e toda a logística (cesto, manta, toalha, pratos, talheres, copos, etc) incluídos. Um piquenique lixo zero, claro, sem descartáveis.

Na primavera e no verão sabe mesmo bem comer ao ar livre. E logo no Alentejo onde existem tantos locais bonitos onde podemos estender a toalha e comer em comunhão com a natureza.

Mesmo não existindo muitas alternativas, é sempre possível comer de forma mais compassiva fora de casa, mesmo nesta zona mais tradicional do Alentejo, se aproveitarmos para passear.

Já agora, sugerem outras opções nestas zonas? Deixem sugestões nos comentários.

Deixe uma resposta